Mentocaína

Benzocaína 2,5mg/Tirotricina 1,05mg

Laboratórios Azevedos

Princípio Ativo Benzocaína-2,5 mg/ Tirotricina-1,08 mg

Benzocaína 2,5mg/Tirotricina 1,05mg

Mentocaína R está indicado no tratamento local de inflamações e infecções limitadas à mucosa da cavidade bucal e da orofaringe, tais como: faringites, laringites, estomatites e gengivites, aftas, odinofagia mas também no alívio rápido das dores de garganta.


A Benzocaína, éster ácido para-aminobenzóico, é um anestésico local que produz perda reversível da sensação, evitando ou diminuindo a condução dos impulsos dos nervos sensitivos, próximo do local de aplicação. Os anestésicos locais podem também ser descritos como analgésicos locais, uma vez que são usados para produzir perda da dor sem perda da condução nervosa.


Pode também considerar-se como tendo um efeito de estabilização da membrana, pelo seu modo de acção ao diminuir a permeabilidade da membrana celular nervosa, ao sódio, sendo a anestesia local dos tecidos obtida com a Benzocaína, por simples contacto.


A Tirotricina é uma substância bactericida produzida através do crescimento do Bacillus brevis, que consiste numa mistura principalmente de gramicidina e tirocidina (polipéptidos). A Tirotricina é, portanto, um antibiótico de natureza polipéptidica de uso exclusivamente local, activo “in vitro” sobre bactérias gram positivas, e também em gram negativos. Após um contacto de 10 minutos com a Tirotricina concentrada a 10 mg/ml, a percentagem de bactérias “in vitro“, que sobrevêm, é inferior ou igual a 0.01%.


Mentol, quando aplicado na superfície, dilata os vasos sanguíneos, promovendo uma sensação de frescura, seguido de efeito analgésico.